Pular para a barra de ferramentas

Operação cumpre mandados de prisão e busca e apreensão contra abuso de crianças e adolescentes em Água Clara

Água Clara (MS): Operação da Polícia Civil e Ministério Público, que teve como objetivo reprimir o abuso sexual de crianças e adolescentes, resultou em cumprimento de uma prisão preventiva, um afastamento de cargo público e dois mandados de busca e apreensão. Foram apreendidos objetos eletrônicos com provas materiais dos crimes

A Operação, denominada Cosme & Damião, foi realizada entre quarta (17) e quinta-feira (18), e teve dois alvos, visando reprimir crimes sexuais envolvendo crianças e adolescentes no município. Um indivíduo foi preso preventivamente, outro está foragido, e ambos serão indiciados em delitos como estupro de vulnerável, estupro, importunação ofensiva ao pudor, assédio sexual e armazenamento de conteúdo pornográfico infantil.

Durante o cumprimento de uma das buscas, a equipe encontrou aparelhos eletrônicos com o envio e recebimento de fotos de conteúdo pornográfico por meio de redes sociais, além de inúmeras conversas de cunho sexual com menores de variadas idades. Os atos libidinosos praticados com crianças e adolescentes envolviam menores de 9 a 16 anos de idade.

Festas, piscinas, ônibus e locais ermos eram utilizados pelos criminosos, sendo que os encontros, quando consensuais, eram marcados por meio de redes sociais e whatsapp.

Um dos investigados atuava em cargo público, tendo sido determinado seu afastamento como medida cautelar, visando resguardar a integridade das vítimas, as quais foram determinadas medidas de proteção. O suspeito encontra-se em local incerto e não sabido.

A Polícia Civil e o Ministério Público solicitam que casos em que sejam praticados qualquer tipo de ato libidinoso (beijos, manipulação, etc) com menores de 14 anos sejam imediatamente trazidos a conhecimento da Delegacia e da Promotoria, visto que nesses o crime é de estupro de vulnerável, ainda que praticadas com o consentimento da vítima. 

A pena de estupro de vulnerável é de 8 a 15 anos e a de estupro de 6 a 10, sendo ambos os crimes hediondos, nos termos da lei.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar