Candidaturas ‘laranja’: Três Lagoas, Selvíria e mais 6 cidades voltam a ser alvo de recomendação do MPMS

O registro de candidaturas ‘laranja’ apenas para cumprimento da legislação eleitoral voltou a ser alvo de recomendações do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul). O alerta é direcionado principalmente à inclusão de mulheres para preenchimento do percentual de 30% relacionado à cota de gênero.

Três Lagoas, Selvíria, Cassilândia, Bodoquena, Paranaíba, Rio Verde, Santa Rita do Pardo e Brasilândia foram os municípios alertados por promotores eleitorais. As recomendações constam na edição do Diário Oficial do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) de segunda-feira (3), já disponível para consulta.

A orientação é direcionada aos diretórios, zonas eleitorais e aos detentores de mandato nos municípios. Além de mulheres para compor a cota de gênero, o alerta é para que as legendas não admitam a escolha e registro, na lista de candidatos a vereador, ‘de pessoas que não disputarão efetivamente a eleição, não farão campanha e não buscarão os votos dos eleitores’.

Midiamax

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar