Pular para a barra de ferramentas

Criança é resgatada pelo pai e por policiais após ficar duas horas em buraco a 2 metros de profundidade em Brasilândia

Um menino de 7 anos foi resgatado pelo pai e por policiais militares de um buraco que havia caído enquanto brincava com amigos, no sábado (29), em Brasilândia, na região Leste de Mato Grosso do Sul. A criança ficou a dois metros da superfície por cerca de duas horas.

Quando a criança caiu, a Polícia Militar (PM), o Corpo de Bombeiros e a ambulância do hospital local foram acionados. Os policiais foram os primeiros a chegar e se depararam com o pai desesperado tentando escavar ao lado do buraco onde o filho estava.

Os policiais então fizeram orientações ao pai e junto com o motorista da ambulância, depois de cerca de meia hora, conseguiram fazer o resgate. O buraco tinha cerca de quatro metros de profundidade, mas o menino estava preso a uma coluna de terra a dois.

Um dos policiais e o socorrista da ambulância puxaram a criança pelos braços e o pai, que havia entrado em um buraco ao lado, pressionou a perna do filho junto ao seu corpo, sendo então retirado do local.

O menino foi levado ao hospital da cidade e a suspeita é de que tenha fraturado o quadril. O local onde ele e amigos brincavam é de uma construção que, segundo a Polícia Militar, estava sem o devido isolamento.

No local havia vários buracos, que seriam da fundação de residências. O resgate foi feito pela PM porque a unidade mais próxima do Corpo de Bombeiros fica a 60 quilômetros do ponto onde houve o acidente.

G1MS

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar