MS tem em 2018 maior faturamento da sua história com exportações: US$ 5,692 bilhões

Mato Grosso do Sul registrou em 2018 o maior faturamento de sua história com as exportações. A receita atingiu US$ 5,692 bilhões, segundo dados do Ministério da Economia, órgão que agora responde pelo comércio exterior brasileiro.

O recorde até então era de 2013, quando o estado havia comercializado US$ 5,224 bilhões em produtos no mercado internacional. Frente ao resultado de 2017, US$ 4,785 bilhões, o faturamento destas operações em 2018 representa um incremento de 8,95%, o equivalente a US$ 907,643 milhões a mais.

Dos dez produtos que lideram o ranking de exportações do estado e que juntos respondem por 92,40% do total da receita, oito produtos vêm da agropecuária ou utilizam matérias-primas do segmento, as exceções ficam por conta dos minérios (ferro e manganês).

No topo da lista permanecem assim como em 2017, a soja, em primeiro e a celulose em segundo. As vendas da oleaginosa totalizaram em 2018, US$ 1,922 bilhão, 40,94% de aumento, frente aos US$ 1,364 bilhão comercializados no ano anterior.

O maior incremento de faturamento no top dez, entretanto, vem da celulose. As vendas do item cresceram 80,60% na comparação de 2017 com 2018, saltando de US$ 1,050 bilhão para US$ 1,897 bilhão.

Em contrapartida, outros dois produtos que em 2017 haviam obtido resultados expressivos no comércio exterior amargaram quedas de receita em 2018. O açúcar, por exemplo, foi o terceiro principal item comercializado pelo estado no ano retrasado, com US$ 502,489 milhões em vendas e caiu para a sexta posição no ano passado, com US$ 177,492 milhões., retração de 64,68%.

Já o milho em grãos, que foi o quinto do ranking estadual em 2017, com um faturamento de US$ 333,573 milhões caiu para a décima posição em 2018, com receita de US$ 85,641 milhões., uma diminuição de 74,33%.

Os dez principais produtos exportados por MS

ProdutoReceita 2018 US$Receita 2017 US$Resultado
Soja1,922 bilhão1,364 bilhão+ 40,94%
Celulose1,897 bilhão1,050 bilhão+ 80,60%
Carne desossada e congelada de bovinos338,418 milhões364,430 milhões– 7,14%
Pedaços e miudezas congelados de galos e galinhas255,672 milhões280,995 milhões– 9,02%
Carne desossada fresca ou resfriada de bovinos207,960 milhões147,792 milhões+ 40,71%
Açúcar177,492 milhões502,489 milhões– 64,42%
Minério de ferro144,408 milhões124,031 milhões+ 16,42%
Farinhas e pellets de soja138,335 milhões88,583 milhões+ 56,16%
Minério de manganês92,106 milhões90,615 milhões+ 1,64%
Milho em grãos85,641 milhões333,573 milhões– 74,33%

Fonte: Ministério da Economia

Parceiros comerciais

Entre os parceiros comerciais, a China continua a ser o grande cliente de Mato Grosso do Sul. O estado vendeu para os asiáticos US$ 2,761 bilhões em produtos, o equivalente a 48,51% do total comercializado no ano.

Na segunda posição aparece a Argentina, com US$ 386,396 milhões (6,78% do total) e na sequência vem: Itália, com US$ 262,968 milhões (4,61%); Holanda, com US$ 239,572 milhões (4,20%) e Hong Kong, com US$ 190,613 milhões (3,34%).

Por G1MS

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar