Saúde de Três Lagoas informa ocorrência da quarta morte por Gripe H1N1 no Município

Trata-se de uma mulher de 61 anos com histórico de problemas cardíacos

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas, por meio do Setor de Vigilância Epidemiológica da Diretoria de Vigilância em Saúde e Saneamento, informa à população a ocorrência de mais uma morte por Gripe Influenza A, tipo H1N1, nesta terça-feira (07).

Trata-se de uma mulher de 61 anos, que contraiu a Gripe Influenza A e que possuía como agravantes problemas cardíacos, como informou a coordenadora do Setor de Vigilância Epidemiológica, enfermeira Adriana Spazzapan, no início da tarde desta terça-feira. A paciente estava internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva  do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora.

Com a ocorrência deste óbito, Três Lagoas passa a ter registro de quatro casos de morte por Gripe H1N1, em 2019.

VACINA CONTRA A GRIPE

A imunização mais segura e insubstituível contra a Gripe Influenza A é a vacina, que neste ano possui propriedades de “Vacina Trivalente”, ou seja, como explicou a coordenadora do Setor de Imunização da SMS, enfermeira Humberta Azambuja, “a vacina imuniza as pessoas contra os dois tipos da Influenza A (H1N1 e H3N2) e contra o vírus da Influenza B”, informou.

Em Três Lagoas, a Campanha de Vacinação Contra a Gripe continua até dia 31 de maio em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF), Unidades de Estratégia de Agentes Comunitários de Saúde (EACS) e na sala de vacinas do Centro de Especialidades Médicas (CEM), de segunda-feira a sexta-feira.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar