Nando deve encarar 35 julgamentos no mais extenso caso da Justiça de MS

Promotor destaca que o homicídio não tem a “assinatura” do autor e a explicação é de que ele ainda não tinha método para matar

Condenado a 87 anos de prisão, Luiz Alves Martins Filho, o Nando, deve encarar 35 julgamentos por ser protagonista do mais extenso caso na história do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar