Beira-Mar é condenado a 7 anos por lavagem de R$ 31 milhões em MS

Exportadora em Ponta Porã teria movimentado milhões para o tráfico de drogas; traficante já soma mais de 300 anos em condenações

O traficante carioca Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, foi condenado pela 3ª Vara Federal de Campo Grande a pena de sete anos, oito meses e 22 dias por crime de lavagem de dinheiro. Na denúncia, consta que a quadrilha comandada por ele mantinha empresa de fachada em Ponta Porã e movimentou R$ 31 milhões oriundo do tráfico de drogas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar