Prefeita de cidade aliada de Evo teve o cabelo cortado e pintada de rosa em meios aos gritos de ‘assassina’.

Em meio aos confrontos, a sede da prefeitura da vizinha cidade de Vinto, controlada pelo partido governista MAS, foi incendiada.

A prefeita da cidade Patricia Arce foi presa por opositores ao regime de Evo Morales, uma multidão, ela transportava camponeses pró-Morales para confrontar os manifestantes, usando o estado aparelhado contra a própria população. .

Arce teve o cabelo cortado, foi pintada de rosa e obrigada a andar descalça por vários quarteirões em meios aos gritos de “assassina! assassina!”. A prefeita foi resgatada pela polícia horas depois.

Veja também:

Oposição boliviana pressiona por renúncia de Morales; há confrontos e mortes no país

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar