Mulher e filha é salva de cárcere privado ao pedir ajuda em posto de saúde em Três Lagoas

Depois de pedir ajuda às funcionárias de um posto de saúde, uma mulher, de 39 anos, foi resgatada ontem sexta-feira (22) da residência onde era mantida presa com a filha, de 9 meses, pelo marido em Três Lagoas.

A vítima e o suspeito teriam ido ao posto, vacinar a filha, quando em determinado ela conseguiu despistar o marido e entrar em uma sala onde pediu ajuda. Às servidoras a mulher contou que estava sendo agredida e era mantida em cárcere privado pelo marido. Ela conseguiu passar o endereço do local, mas acabou sendo encontrada pelo homem que a levou embora.

As funcionárias então passaram o endereço para a polícia, que encaminhou uma equipe da Promuse (Programa Mulher Segura da Polícia Militar) até o endereço. Os agentes encontraram a residência toda trancada com cadeados nos portões e nas janelas. Após chamarem a vítima ela confirmou que estava no local, mas sem conseguir sair de dentro do imóvel.

Os policiais tiveram que pular o muro para conseguirem ajudar a mulher a sair pela porta dos fundos da residência. Em depoimento a vítima relatou que constantemente era ameaçada pelo marido e que há alguns dias, ele tinha a agredido.

Ela estava com lesões no braço direito e contou que o acusado sempre a deixava trancada dentro da casa juntamente com a filha do casal, de apenas 09 meses, e levava todos os documentos pessoais dela e da criança. Os policiais então foram até o trabalho do criminoso, que foi autuado por violência doméstica e cárcere, e encaminhado para a Dam (Delegacia de Atendimento a Mulher).

Por Campo Grande News

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar