Agentes Comunitários de Saúde são capacitados a identificar novos casos de Hanseníase

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas, por meio da coordenação do Programa Municipal de Controle de Hanseníase e Tuberculose, promoveu mais um encontro de capacitação, atualização de conhecimentos e orientações aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS), no período da manhã e no período da tarde de quarta-feira (27).

Esta capacitação, especificamente sobre Hanseníase, aconteceu no auditório do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SSPM), no Bairro Nossa Senhora Aparecida.

Como informou a coordenadora do Programa Municipal de Controle de Hanseníase e Tuberculose da SMS, enfermeira Sebastiana Garcia de Freitas Tosta, “esta capacitação tem o objetivo de treiná-los para detectar casos de Hanseníase, nas visitas domiciliares que realizam periodicamente na área de abrangência das Unidades em que trabalham”, explicou.

“Cabe ao ACS, ao detectar novos casos de Hanseníase, encaminhar o paciente para avaliação clínica com a profissional de Enfermagem e ao médico da respectiva Unidade de Saúde”, completou.

Para a enfermeira Sebastiana, as equipes de ACS, lotadas nas Unidades de Atenção Primária de Saúde, “são pessoas importantes e valiosas que nos têm ajudado muito a localizar pacientes com sinais e sintomas desta doença que merece atenção da Saúde Pública, que é a Hanseníase”, disse.

Esta capacitação contou também com a participação de professores e acadêmicos da Faculdade de Medicina do Campus Três Lagoas (CPTL) da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar