Governador de MS cumpriu apenas 33% do prometido em campanha, aponta levantamento

Em percentual baixo políticos brasileiros ficam só na promessa, é o que mostra o levantamento “As promessas dos políticos”, do site de notícias G1 que coloca o governador Reinaldo Azambuja em terceiro como cumpridor de promessas de campanha com os míseros 33%, veja o gráfico a baixo:

Ranking mostra governadores que mais cumpriram promessas de campanha no primeiro ano de mandato

 

Na primeira publicação do levantamento, Reinaldo Azambuja tinha cumprido sete dos 24 compromissos assumidos. Após atualização, a quantidade subiu para oito. Foi acrescentada na lista dos compromissos realizados a criação do “Programa de Reforma e Ampliação”, cuja implantação está prevista para 2020, constando inclusive no orçamento do Governo do Estado e no Plano Plurianual 2020/2023.

A ferramenta classifica as promessas dos políticos nas categorias: “cumpriu”, “em parte”, “não cumpriu ainda” e “não avaliada”. Dos 24 compromissos assumidos por Reinaldo Azambuja na campanha eleitoral de 2018, oito foram totalmente cumpridos (33,33%), outros oito não foram cumpridos ainda (33,33%), sete foram realizados em parte (29,16%) e um não foi avaliado (4,18%). O governador tem até 2022 para executar todas as promessas.

Com a nova classificação, Reinaldo Azambuja está atrás apenas dos gestores do Espírito Santo, Renato Casagrande (44,11%) e Amazonas, Wilson Lima (43,90%). O  sul-mato-grossense se manteve à frente dos governantes do Ceará, Camilo Santana (31,57%); Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva (30,76%); Sergipe, Belivaldo Chagas (25,92%); São Paulo, João Doria (24,32%); e Goiás, Ronaldo Caiado (23,80%).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar