Irmão de prefeito de cidade de MS agride assessor de deputada federal em jogo do Estadual

Fato aconteceu durante derrota do Corumbaense por 1 a 0 para o Maracaju, no estádio Arthur Marinho

O irmão do prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes (PSDB), agrediu neste domingo (26) um dos assessores da deputada federal Bia Cavassa no estádio Arthur Marinho, onde Corumbaense e Maracaju estreavam no Campeonato Estadual 2020. A situação fez com que a parlamentar emitisse uma nota de repúdio em seu perfil no Facebook.

De acordo com o apurado pelo Jornal Midiamax, o assessor acompanhava tranquilamente a partida na arquibancada do estádio quando o Márcio Iunes se aproximou e disse que precisava ter uma conversa de “homem para homem” com ele.

Em seguida, Márcio desferiu um soco no braço do assessor. A situação foi vista por várias pessoas no local, que se indignaram com a agressão. O irmão de Marcelo Iunes seria um dos responsáveis pela administração do Corumbaense em 2020. A equipe iniciou o campeonato perdendo por 1 a 0 para o recém promovido Maracaju.

Porém, o motivo da agressão não teria ligação com futebol e sim com a política local, acirrada com a movimentação eleitoral para o pleito em outubro. Marcelo e Bia estão no mesmo partido, o PSDB, mas existe a possibilidade de Cavassa apoiar outro nome para a prefeitura, ou mesmo trocar de partido e concorrer ao cargo.

Iunes era vice de Ruiter Cunha, eleito em 2016, mas falecido em 2017 após sofrer uma aneurisma abdominal. Assim, Iunes assumiu o cargo e, desde então, se envolveu em diversas polêmicas, como a nomeação de vários familiares em cargos técnicos e de confiança, além de contratar o próprio laboratório para prestação de serviços a prefeitura.

Bia, viúva de Ruiter, inicialmente fez parte da base de apoio à Iunes. Contudo, com o decorrer dos anos, a relação política entre os grupos de ambos esfriou e rusgas começaram a acontecer. Segundo fontes ouvidas pela reportagem, os nervos à flor da pele podem ser reação a uma possível derrota à vista de Marcelo Iunes nas urnas.

Irmão de prefeito é comissionado de Reinaldo Azambuja

Desde novembro de 2018, Márcio Aguilar Iunes recebe mensalmente salário de R$ 10.413,43 do Governo do Estado por estar nomeado como assessor, com cargo para direção superior e assessoramento, de acordo com o site da Transparência.

Confira abaixo a nota oficial postada por Bia Cavassa:

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar