45% das mercadorias que abastecem a Ceasa-MS vem de SP e preço do hortifruti tem aumento devido a chuva

O excesso de chuva em São Paulo vem prejudicando o setor de hortifruti em vários estados do Brasil, um deles é Mato Grosso do Sul.

A Central de Abastecimento de Mato Grosso do Sul (Ceasa-MS) tem 45% de suas mercadorias trazidas de São Paulo. Por conta disso, os comerciantes tiveram que aumentar o valor das frutas e legumes para compensar o problema que estão enfrentando na umidade.

O comerciante, Ivan Lima, já tem uma estratégia, caso o carregamento de São Paulo não seja liberado. “Nós vamos ter que descer para o sul para carregar, aí as mercadorias só chegam no fim de semana”, explicou ao G1MS.

Além do preço, a qualidade das frutas e legumes também está sendo afetada. Os vendedores contaram que pelo menos 30% da carga pode ter algum tipo de problema devido ao excesso de chuva.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar