Exportações de carne, minério de ferro e celulose registra crescimento em relação ao ano passado

No primeiro mês de 2020 as exportações de Mato Grosso do Sul somaram US$ 147 milhões. Os dados são da Carta de Conjuntura da Semagro. A celulose se manteve como o principal produto exportado pelo Estado, com aumento no volume exportado, atingindo 468 mil toneladas em janeiro de 2020.

Jaime Verruck, titular da Semagro, ressalta que o foco é exportar produtos com valor agregado.

As exportações de carne bovina cresceram 29,8% em relação ao ano passado, decorrente de aumento da demanda internacional, que refletiu no preço da arroba e ao consumidor.

Surpresa para o mês, a venda de minério de ferro ao mercado externo cresceu 22%, caminhando na contramão do ano passado.

Na avaliação do secretário as perspectivas para 2020 são as melhores.

Outra boa notícia de janeiro é o aumento de 23% nas importações de gás natural da Bolívia, para atender a demanda das térmicas movidas a gás. Bom resultado para a balança comercial e para as finanças do Estado, que arrecada ICMS sobre a importação.

Os países asiáticos se destacam como os principais parceiros comerciais do Mato Grosso do Sul, sendo a China o principal comprador de produtos com aumento de 44,2% em relação ao ano passado, Hong Kong com crescimento de 56,6% e Japão que amentou em 214% a compra de produtos estaduais.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar