MS tem 45 denúncia de falta de EPIs para profissionais da saúde em 5 cidades do Estado

Desde o dia 19 de março a AMB tem disponibilizado uma plataforma específica para captação de reclamações e denúncias sobre a falta de EPIs para os profissionais da saúde que estão atuando na linha de frente em combate ao coronavírus (COVID-19). Para evitar represálias, a AMB garante o anonimato dos denunciantes. Para deixar o processo transparente, a AMB criou esta página para apresentação da pesquisa, que tem intuito colaborativo.

A partir dos relatos recebidos, a AMB comunica os estabelecimentos apontados, solicita esclarecimentos e a atualização das informações e notifica o Ministério da Saúde, o Conselho Regional de Medicina (CRM),as Secretarias de Saúde Municipal e Estadual, o Conselho Federal de Medicina (CFM) e o Ministério Público.

A captação de denúncias continua em curso e os estabelecimentos que informarem a solução dos problemas serão retirados da lista abaixo, que apresenta detalhes sobre os EPIs que faltam em cada local.

O portal da Associação Médica Brasileira ressalta que si você for responsável por um dos estabelecimentos citados e deseja atualizar ou corrigir as informações que foram recebidas e veiculadas pela AMB, clique aqui.

Mato Grosso do Sul consta em pesquisa no portal AMB 45 registros de falta de EPIs em 5 cidades do Estado veja as imagens a baixo, lista completa você pode acessar aqui:

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar