CAMPANHA CONTRA O ABUSO E EXPLORAÇÃO SEXUAL INFANTIL – Neste ano 28 crianças já foram atendidas após denúncia do crime

O dia 18 de maio é marcado como sendo o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Por isso, a Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) de Três Lagoas, por meio da equipe do CREAS (Centro de Referência Especializado em Assistência Social), vem realizando ações que garantem os direitos e a segurança das crianças e adolescentes, notadamente, a acolhida e acompanhamento de cada caso denunciado de crimes de abuso e de exploração sexual.

Em 2019, segundo relatórios do CREAS,  103 crianças e adolescentes foram vítimas de algum tipo de abuso, 79 delas eram meninas. Em 2020, apenas de janeiro a abril, 28 crianças e adolescentes já receberam atendimento, também vítimas de abuso sexual, sendo a maioria meninas e na faixa etária de 7 a 12 anos.

“Com a pandemia e o isolamento social, as crianças e adolescentes estão permanecendo mais tempo em casa, e essa é a hora de nos atentarmos ao comportamento que apresentam. Frequentemente, o agressor é um membro da família ou responsável pela criança, alguém que ela conhece, no qual confia e com quem, muitas vezes, tem uma estreita relação afetiva”, afirmou Vera Helena Arsioli Pinho, secretária da SMAS.

As crianças, normalmente, apresentam algum indício de que estão sofrendo abuso. Elas demonstram uma grande variedade de comportamentos. É importante estar alerta para mudanças nas emoções e comportamentos que parecem fora do comum, tais como: retraimento, agressividade repentina, medo ou pânico, brincadeiras sexuais exageradas, ideação suicida e automutilação, entre outros.

É importante que a denúncia seja feita caso seja identificado algum desses comportamentos. A denúncia pode ser realizada através do Conselho Tutelar (3929-1812 – 99293-1579) ou Disque 100 (não precisa se identificar). O abuso sexual é crime, e a omissão também.

Para combater o abuso sexual infantil o Munícipio conta com CREAS (3929-1811 – 99274-4942), Conselho Tutelar (3929-1812 – 99293-1579) e do CMDCA – Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar